Encrencada com a Receita Federal, Unimed é alvo das manifestações

protestos medicos

Os planos de saúde devem ser o próximo alvo das manifestações que enchem as ruas das principais cidades do país. O alvo é a Unimed, que explora a população com altos custos da mensalidade. Pior: o atendimento, quando necessário, é considerado de péssima qualidade.

Não por causa dos médicos, mal remunerados ainda por cima. O problema é que a Unimed só pensa em faturar, faturar… Por outro lado, não presta o serviço de acordo com o valor que é cobrado pela mensalidade dos planos.

Por isso, os manifestantes já procuram “o alvo” Unimed para protestar, a exemplo do que vem acontecendo com outros serviços públicos, até porque no privado os problemas acontecem nas barbas das famílias conveniadas.

A Unimed/Paraíba fatura R$ 30 milhões/mês. Dessa arrecadação 75% é destinado a Unimed/Brasil e o restante fica no Estado. Desse valor, de acordo com informações, a instituição dá um drible na Receita Federal para não pagar os impostos.

Como se sabe, a Unimed deve a Receita Federal mais de R$ 50 milhões.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.