Dunga pra Ricardo: “Prefiro ser o ‘jumento’; suspensório jamais”

carlos dunga

O deputado estadual Carlos Dunga (PTB) tem a cara de uma causa. A causa dos seus colegas parlamentares. Brilhante em sua própria defesa nesta quinta (23) respondeu ao secretário estadual do PAC/PB, Ricardo Barbosa, no mesmo tom quando, junto com os demais deputados, foi tachado de “jumento” pelo auxiliar do governo “socialista”.

“Eu prefiro ser um ‘jumento’ a ser um suspensório, que fica pendurado o tempo todo no pescoço do outro”, destacou Dunga quando escalou a tribuna da Assembleia e impôs um tom como nunca tinha feito antes, nem mesmo quando ocupou a presidência da Casa de “Epitácio Pessoa”.

Disse mais: “Se estou sendo comparado a um ‘jumento’ muito me honra, pois o jumento serviu para carregar Jesus; é um animal trabalhador e quem dúvida disso é só observar que no lombo existe um sinal vermelho, de tanto trabalhar…”.

“Isso pode não acontecer com quem fez a declaração de forma desrespeitosa contra esse Poder (Asembleia), demonstrando uma falta de vergonha em se tratando de um auxiliar do governo que eu defendo”.

Dunga não proclamou claramente, mas gostaria muito de ver no Diário Oficial o ato de exoneração de Ricardo Barbosa, mesmo que seja a “pedido”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.