Secretário do PAC fala o que pensa o governador sobre AL. “É fraquinha”

Na semana passada, Edvaldo Rosas incendiou o ninho dos tucanos classificando de “fofoqueiros” e “babões”, aqueles que torcem pelo rompimento do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) com o governador Ricardo Coutinho (PSB). A gravação com a sonora de Rosas foi parar na direção nacional do Partido da Social Democracia Brasileira.

Nesta segunda (20), o secretário estadual do PAC, Ricardo Barbosa, foi o escalado pelo governo a se prostrar perante os microfones do programa Rádio Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação, para pôr fogo na já desgasta relação entre o Executivo e Legislativo do Estado. Falou em nome do governador o seguinte:

“É a mais fraca das últimas legislaturas”. Como não excluiu nem mesmo os deputados da base do governo, a declaração vale para todos os parlamentares, inclusive os da base do governo.

Reação – O deputado Trócolli Júnior reagiu assim: “A Assembleia Legislativa da Paraíba deixou de ser uma secretaria do Governo do Estado para se tornar um Poder independente e isso desagrada aqueles que querem a dependência do Legislativo”. Foi a resposta do parlamentar as declarações de Barbosa.

Trocolli Júnior afirmou que lamenta as declarações dadas por Ricardo Barbosa, respeita o seu posicionamento, mas não concorda com nada o que foi dito. “A Assembleia se envolveu diretamente na discussão de grandes temas e vem ajudando o Governo do Estado em tudo o que precisa, desde que seja bom para o povo da Paraíba”, comentou.

O deputado afirmou que a ALPB aprovou remanejamentos e empréstimos, colaborando com o Executivo e com o povo da Paraíba. “O único empréstimos que demoramos a aprovar foi o da Cagepa e demonstramos que ele tinha uma série de erros. Para se ter ideia, o questionamentos que fizemos, reduziu a taxa de juros de 0,8% por mês para 0,5%, gerando uma grande economia para os cofres públicos”, lembrou.

 

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.