Governador ignora o prefeito Cartaxo e JP. Falta de espírito público

Demonstrando que ainda não digeriu a derrota do seu grupo político nas eleições municipais de João Pessoa ano passado, o governador Ricardo Coutinho (PSB) evitou o quanto pôde cumprimentar o prefeito Luciano Cartaxo (PT).

O encontro entre eles aconteceu por causa da coincidência de agendas na quinta (2). Deu-se durante a abertura da feira gastronômica “Brasil Sabor”, na casa de recepções Sonho Doce, em João Pessoa. Cordialidade apenas do lado do prefeito da capital.

Mais uma vez, Cartaxo foi ao encontro do governador Coutinho e o cumprimentou. Já havia ocorrido antes nos estúdios da TV Arapuan a pouco mais de 30 dias. Porém, naquele dia o prefeito já não havia encontrado uma boa receptividade do chefe do Executivo do Estado.

Na hora dos discursos em meio ao evento desta semana, o prefeito Luciano Cartaxo recepcionou a recente parceria da prefeitura e o governa na área da saúde, destacando que “esse acordo tem o objetivo de melhorar o atendimento da sociedade de João Pessoa”.

Como o evento fazia parte do calendário turístico do Estado, o prefeito da capital destacou que o acordo celebrado com a saúde também fosse estendido para o setor turístico. Demonstrou, acima de tudo, maturidade política.

Já em seu discurso, além de cumprimentar Luciano Cartaxo de forma fria, o governador em nenhum momento manifestou interesse em celebrar parcerias com a cidade. Apenas as obras do seu governo. Ou seja, ignorou João Pessoa como se o município não fizesse parte do mapa da Paraíba.

Coutinho trata a João Pessoa hoje da mesma forma como fez com Campina Grande nos dois primeiros anos do seu governo, quando Veneziano Vital do Rego (PMDB) era prefeito daquela cidade: com desprezo.

O governador está sempre olhando para o retrovisor, como se a derrota na eleição do ano passado fosse o fim do mundo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.