WS espera que Justiça Eleitoral faça justiça para ele retomar mandato

Confirmou-se nesta quarta (24) algo que, até aqui, havia sido apenas insinuado. Convidado para uma entrevista na TV Arapuan, a pretexto de falar sobre a convenção do seu PTB, o ex-senador Wilson Santiago demonstrou, em conversa de bastidores, que ainda alimenta a esperança de retomar ao mandato.

Como se sabe, Santiago ocupou a cadeira no Senado de fevereiro a novembro de 2011. Tinha sido o terceiro colocado nas eleições. No entanto, como havia uma pendência do senador Cássio Cunha Lima (PSDB), o mais votado entre os candidatos, então o registro de candidatura do tucano ficou suspenso, até que o TSE decidisse sobre o caso.

Santiago assumiu, mas por um período de nove meses. Até que o Tribunal Superior Eleitoral decidiu que o mandato pertencia a Cássio. Então, WS foi afastado e até hoje espera o julgamento de uma ação do Ministério Público Eleitoral sobre o caso.

O repórter perguntou a Santiago sobre o processo de sua autoria contra Cássio. Ele respondeu assim:

“De minha autoria nada (…). É do Ministério Público e o processo deve ser julgado a qualquer momento”.

Pois bem, como Santiago está mais próximo hoje do governador Ricardo do que Cássio Cunha Lima deduz-se o que?

Tudo pode acontecer para evitar que CCL seja candidato a governador. Afinal de contas, Cássio foi cassado por causa de um partido aliado de Ricardo Coutinho na época em que era prefeito de João Pessoa.

Ou o governador esqueceu?

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.