PMJP prega eficiência e a justiça social e espera ação do Estado

 Antes do pedido de audiência que pretende encaminhar ao Excelentíssimo governador Ricardo Coutinho (PSB), o prefeito Luciano Cartaxo (PT) quer saber quem deve aquém, e quanto.

O governo acionou a prefeitura na Justiça cobrando uma dívida astronômica de R$ 45 milhões da saúde, que o Município não reconhece.

Neste sentido, os secretários Waldson de Souza (Estado) e Adalberto Fulgêncio (Município) já começaram a se entender desde antes da posse do novo secretário municipal de Saúde na semana passada, que chegou a convidar o colega para a solenidade. Ele acabou não comparecendo.

Tirando as formalidades, nesta segunda (22) o prefeito Luciano Cartaxo deu o gesto que tanto gosta o governador do Estado, quando destacou que na reunião entre os secretários de Saúde estão sendo discutidos pontos importantes para uma boa relação administrativa entre os poderes.

“Vamos chegar a um entendimento para solucionar os problemas”, afirmou Cartaxo.

A prefeitura apresentou um plano emergencial para a Saúde de João Pessoa, sobretudo para solucionar a falta de medicamentos e, também, em relação ao tempo de espera nos postos de saúde.

Empilham-se outras reivindicações, a exemplo dos números e dados da dívida da Cagepa com o Município.

Portanto, prega-se um bom diálogo a partir de temas relevantes neste momento em que o prefeito defende a distensão administrativa.

A dúvida é saber se o governador do Estado tem interesse.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.