PSB mostra dor de cotovelo por causa dos 100 dias de Cartaxo

O PSB do governador Ricardo Coutinho passou a falar mal de Luciano Cartaxo (PT), prefeito que derrotou os “socialistas” na campanha municipal do ano passado, em João Pessoa.

Adquiriu o mesmo estilo de dor que costumava associar aos adversários. Nesta quarta (10), enquanto o prefeito Cartaxo comemorava os 100 dias do seu governo, o PSB do governador queixou-se – surpresa (!), Espanto (!!), estupefação (!!!) – de dor de cotovelo.

Não suportou o anuncio do “Passe Livre”, programa da Prefeitura da capital que irá beneficiar mais de 55 mil estudantes da rede municipal de ensino, também as famílias, que se livrará das despesas mensais com o transporte coletivo.

O governador só faltou arregaçar as mangas para mostrar o cotovelo. A propósito, a nota distribuída pelo PSB de V. Excelência demonstra que não vai ser preciso apresentar esse membro do corpo humano.

Basta ler o texto dos “socialistas” para ver que dói, dói muito, ver a Prefeitura anunciando as ações, principalmente a repercussão causada por elas. Pior: na solenidade desta quarta (10), no Paço Municipal, a presença de toda a bancada. Isso mostra unidade.

Enquanto o PSB distribui nota desqualificando as ações do governo municipal, nos estúdios do programa Rede Verdade o prefeito Luciano Cartaxo mostrava maturidade ao cumprimentar o governador Ricardo Coutinho, antes da entrevista na TV Arapuan.

Diz-se que a dor de cotovelo dá e vai embora. Não perdura por muito tempo. Essa dos socialistas deverá permanecer até outubro de 2014, quando será conhecido o resultado da eleição.

Cabe um alerta a que se propõe e continuar governando esse Estado: “O povo está mais esperto, mais inteligente. O povo sabe o que é bom. E o povo não quer continuar sendo tratado como se fosse pessoa de segunda categoria”.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.