Dunga admite sair do PTB se o partido não seguir Cássio

As reações dos aliados do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) mostram claramente que a aliança com o governador Ricardo Coutinho (PSB) está perto do fim, depois de uma relação que não está nada amistosa desde há muito tempo.

 Nesta terça (9), o deputado estadual Carlos Dunga admitiu a possibilidade de desfiliação do PTB. Argumento ele tem sobrando. “Tenho como chefe político o senador Cássio (…). Portanto, só posso continuar se a cúpula do partido seguir a orientação de Cássio”.

A crise no Partido Trabalhista Brasileiro se instalou com a nomeação do empresário da construção civil Wilson Santiago, atualmente presidente da legenda na Paraíba. Como se sabe, Santiago ainda luta com uma ação no Supremo Tribunal Federal para arrancar de Cássio Cunha Lima o mandato de senador da República.

Santiago se uniu ao governador Ricardo. Essa união tanto é política, visando as eleições majoritárias de 2014; como também empresarial no ramo da construção civil, segmento de Wilson Santiago.

O presidente do PTB/Paraíba deseja concorrer ao Senado na chapa a reeleição do governador virtual candidato.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.