‘Energisa quebrou contrato e cometeu crime’, diz Nadja

Criado através de um projeto de lei de autoria do hoje prefeito Luciano Cartaxo (PT), o Procon Municipal vai pedir a quebra da concessão da Energisa, denunciada por produzir “gatos” para aumentar o seu rendimento.

O anuncio foi feito nesta sexta (5) pela ex-deputada estadual Nadja Palitot durante entrevista concedida ao programa Rede Verdade, do Sistema Arapuan de Comunicação. Lamentou que empresa faça “pouco caso” para um problema tão sério. Ela é atual coordenadora do Procon Municipal.

Instada a falar se o Procon tem competência para interpor uma Ação Civil Pública, Nadja disse que “não só tem, como já estamos fazendo o direcionamento para Justiça Federal pedindo o cancelamento da concessão”.

O Procon montou um balcão para atender exclusivamente consumidores supostamente lesados pela Energisa, que ocupa a segunda colocação em número de reclamações no órgão municipal, perdendo apenas para a telefonia OI.

“A Energia quebrou o contrato, cometendo um crime”, destacou.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.