Cruzando os dedos: desiste Eduardo, desiste Eduardo…

Não existe notícia mais desalentadora para o governador da Paraíba do que a virtual candidatura presidencial do seu colega de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB). Disseram-lhe que a coisa é séria.
Pior: são escassas chances dos “socialistas” fecharem um acordo com o PSDB do também presidenciável Aécio Neves (PSDB), tudo o que deseja o chefe do Executivo paraibano na tentativa de repetir a aliança de 2010.
Porém, as conversas de bastidores indicam à disposição do senador Cássio Cunha Lima de concorrer ao governo. Como a eleição nacional é casada com a estadual, então o cenário da próxima campanha eleitoral está totalmente indefinido.
A pré-candidatura de Cássio ao governo já não pertence mais a ele. O povo é quem quer e deseja.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.