Vital enxerga mudança do Código Penal o fim da impunidade

Estava inscrito, mas o fato é que o senador Vital do Rego Filho (PMDB – foto) chega a presidência da principal comissão do Senado, de Constituição e Justiça, por aclamação, uma dose de responsabilidade muito grande para pouco tempo do mandato que começou a partir de fevereiro de 2011.
Chega ao posto com a experiência de haver discutido temas de relevância para o país, entre eles o comando da CPI do “Cachoeira”, quando poucos arriscavam assumir a polêmica comissão, sabendo que poderia estar no olho do furacão, como ocorreu, de fato, depois que teve seu nome vasculhado pela mídia nacional.
Sem dúvida, foi uma experiência valiosa e hoje o senador Vital colhe o que plantou na investigação parlamentar sobre o escândalo envolvendo o governo e Carlinhos Cachoeira.
E a linha de atuação na CCJ? Bem, o parlamentar paraibano tem como foco a reforma do Código Penal Brasileiro.
“O nosso Código Penal é de 1940. Muitos dispositivos já perderam eficácia, gerando impunidade”, observou Vital, que é advogado e sabe que esse é um anseio da área jurídica.
Existem outras prioridades, a exemplo de duas Propostas de Emenda à Constituição (PECs), uma delas transforma os recursos extraordinários e especiais em ações rescisórias, cujo objetivo pé desafogar os tribunais superiores e, outra, de iniciativa do próprio Vital criando a carreira do médico no Estado.
Afora as propostas e a eleição de Vital para presidente da CCJ, a Paraíba tem mais um nome ocupando um cargo de relevância no cenário político brasileiro.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.