Ministro Aguinaldo adverte: prefeituras da Paraíba estão inadimplentes

incrível número de prefeituras paraibanas inadimplentes no CAUC – Cadastro Único de Convênios –  foi objeto de uma advertência do ministro das Cidades, paraibano Aguinaldo Ribeiro.
Em entrevista aos programas Rede Verdade e Rádio Verdade (Sistema Arapuan de Comunicação) nesta sexta (11), o ministro revelou que 182 prefeituras da Paraíba estão negativadas.
Em outras palavras: estão com a “ficha suja”, impossibilitadas de fazer qualquer convênio. Para explicar melhor: fora de condições de carrear recursos federais para investimentos.
“Essas prefeituras têm até o próximo dia 16 (quarta-feira) para atualizarem seus cadastras e negativem qualquer empecilho para contratação de convênios junto ao governo federal”.
Não será por falta de aviso se alguém sair no prejuízo.
De acordo com o ministro Aguinaldo, os prefeitos eleitos ou reeleitos em outubro passado “precisam correr contra o tempo, tornem os municípios adimplentes e negativem suas pendências”.
– Política: o assunto eleições 2014, o ministro disse que fica para o momento adequado, “porque agora estamos focados nos investimentos do governo Dilma para os estados brasileiros”. Segundo ele, a político iremos tratar dela no tempo certo. “Estamos em 2013, ano de muito trabalho”.
– Improcedente: tratou como “especulação” a troca do Ministério das Cidades pelo Ministério de Articulação Institucional, cargo hoje ocupado pela ex-senador Ideli Salvati (PR). “Não houve conversa neste sentido e vejo o assunto como especulação”.
– Aliança: o ministro Aguinaldo Ribeiro disse que politicamente o seu PP é um aliado do governo federal, o primeiro partido também a dar suporte ao então candidato a prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo. “Portanto, estamos muito bem afinados politicamente”.
Apesar de ocupar um dos ministérios mais importante do governo central, o deputado federal licenciado Aguinaldo Ribeiro é o mesmo.
Quem tem personalidade e caráter é assim; não muda nunca.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.