Política da boa vizinhança dos federais paraibanos

Uma coincidência merece o registro: a bancada federal da Paraíba dividiu os votos ao veto do Palácio do Planalto ao projeto de lei apelidado de PL das saidinhas.

Agora há pouco o Congresso Nacional impôs uma derrota ao governo Lula, que defendia a possibilidade de saída de presos do semiaberto para visitar familiares.

Os parlamentares teriam combinado os votos – três sim e três não -, inclusive as ausências de seis parlamentares.

Votaram não contra a PL das “saidinhas” o Cabo Gilberto (PL), Mersinho Lucena (PP) e Wellington Roberto (PL). Favorável as saídas Gervásio Maia (PSB), Luiz Couto (PT) e Murilo Galdino (Republicanos).

Agora os ausentes: Aguinaldo Ribeiro (PP), Damião Feliciano (PDT), Wilson Santiago (Republicanos), Hugo Motta (Republicanos), Ruy Carneiro (Podemos) e Romero Rodrigues (Podemos).

Os senadores Efraim Filho (União Brasil), Veneziano Vital do Rêgo (MDB) e Daniella Ribeiro (PSD) votaram não ao projetos das “nefasta saidinha”.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.