Candidato da prefeita e de Danielle é alvo da justiça

Oficialmente, a campanha ainda não começou e o pré-candidato Joaquim Fernandes (foto) à sucessão em Mamanguape utiliza bens públicos para autopromoção. Acabou advertido pela Justiça Eleitoral do Município.

A canetada da juíza Juliana Duarte Maroja mostra que a justiça está de olhos abertos e não vai permitir o uso da máquina, a exemplo do que aconteceu no passado pelo grupo da prefeita Eunice Pessoa.

Joaquim teve seu nome referendado pela prefeita. Porém, não tem a mesma simpatia da deputada Danielle do Vale (Republicanos). Ela não confia no pré-candidato de situação.

A magistrada determinou a retirada das redes sociais do pré-candidato postagens realizadas no interior do Hospital Geral de Mamanguape e o vídeo intitulado “Complexo de Lazer de Pindobal”.

Pois bem. Se Joaquim faz uso da máquina agora, imagina o que poderá acontecer ao longo da campanha e no dia da eleição, em 6/10?


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.