Síndrome gripal coloca a cidade em emergência

A pretexto do aumento no número de casos de síndrome gripal, o prefeito Cícero Lucena tornou público um decreto de emergência em João Pessoa por um prazo de 90 dias.

O documento municipal leva em consideração a portaria publicamente recentemente pelo Ministério da Saúde, que fala em adoção de medidas “urgentes voltadas à previsão e controle da SRAG”.

Também recomenda a ampliação e organização da rede de atenção infantil, conforme consta o documento. O decreto começou a contar a partir desta segunda-feira (29/4).


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.