Encrenca por encrenca, prefeita Karla vai se safar

A prefeita Karla Pimentel, de Conde, está encrencada com o Ministério Público do Estado (MPPB), que vê um suposto crime de improbidade administração na recente viagem da gestora à Argentina.

Ela distribuiu uma nota afirmando que espera ser notificada da acusação, mas prepara a defesa acerca da denúncia de uso de verba pública durante a viagem, que a própria prefeita confirma:

Houve a viagem, com agendas programadas pelo Escritório de Representação do Estado da Paraíba e com o cancelamento da mesma, a prefeita retornou ao Brasil, sendo realizado todo o processo regular do estorno das diárias emitidas”, assegura.

Anotou, ainda, que “o fato já havia sido analisado também pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, o qual apurou todas as informações necessárias e entendeu que não foram observadas nenhuma irregularidade, optando pelo arquivamento do processo”.

Talvez, não seja esse o entendimento do Ministério Público. Provavelmente por entender que a justificativa não é convincente. Porém, não deixa de ser uma dor de cabeça a há um ano das eleições municipais. Karla é virtual candidata à reeleição.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.