Conselho Federal enche a bola de Ruy Carneiro

O deputado federal Ruy Carneiro (Podemos) acaba de se tornar pai da enfermagem, deferência conferida pela presidente do Conselho Federal, Betânia Santos, que lhe prestou uma homenagem pela luta em defesa do piso nacional da categoria.

As homenagens se sucederam nas redes sociais. O parlamentar se surpreendeu ainda mais com diversos outdoors espalhados por João Pessoa, fazendo referência ao trabalho realizado por ele no Congresso Nacional.

Estou aqui em nome da enfermagem para agradecer por todo esforço de Ruy ao longo desses anos para aprovação do piso da categoria. Como vice-presidente da Comissão Especial que debateu a proposta, ele sempre buscou o diálogo e, sem dúvidas, seu trabalho e seu jeito conciliador foram fundamentais para essa vitória. Sei que vamos contar muito com o seu apoio, seja em João Pessoa, na Paraíba ou pelo Brasil”, disse Betânia.

A presidente do Confen ainda exaltou o sentimento de gratidão de toda a categoria em relação ao esforço de Ruy. “Nós da enfermagem preparamos uma surpresa em forma de agradecimento por todo esse apoio, aí mesmo em João Pessoa. Muito obrigada pela parceria e saiba que a enfermagem sempre será grata pelo seu trabalho”, enfatizou.

Ruy relembrou a relação com a categoria e reforçou o compromisso para a implantação efetiva do piso. “Minha história com a enfermagem vem sendo construída antes mesmo da luta pela aprovação do piso. Há muitos anos acompanho de perto o trabalho incansável da categoria na missão de salvar vidas. Por isso, fico extremamente agradecido e lisonjeado com essas homenagens. O piso já é uma realidade para muitos profissionais, mas seguimos firmes até que ele seja garantido integralmente da forma como foi construído e aprovado pelo Congresso”, defendeu.

Segundo o deputado, a derrubada da carga horária estabelecida pelo Supremo Tribunal Federal está entre as prioridades do momento. “Não existe carga horária no Brasil de 44 horas, como o STF quis vincular. Estamos empenhados para derrubar essa imposição. As outras questões relacionadas aos recursos, também estão sendo solucionadas a partir da correção das informações por parte dos estados e municípios. Os recursos estão todos assegurados pelos fundos indicados na aprovação da lei e esse complemento dos salários está sendo feito integralmente através dos repasses do Governo Federal”, finalizou.

O sistema do InvestSUS foi reaberto pelo Ministério da Saúde para possibilitar que gestores estaduais e municipais façam as devidas correções. Os ajustes podem ser realizados até o próximo dia 15 de setembro.


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.