Ato de exoneração do agressor é publicado

O médico João Paulo Casado não faz mais parte dos quadros do Trauminha de Mangabeira, onde exercia a função de diretor técnico do hospital. O afastamento já tinha sido anunciado pela secretária interina Janine Lucena.

Em ato publicado na edição do Semanário da Prefeitura de João Pessoa, o prefeito Cícero Lucena assina a portaria de exoneração do médico flagrado agredindo a ex-companheira com socos e puxões de cabelos.

Casado também será exonerado do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, além de enfrentar um processo disciplinar do Corpo de Bombeiros Militar e do Conselho Regional de Medicina (CRM).

Foto: Reprodução


Descubra mais sobre Marcone Ferreira

Assine para receber os posts mais recentes por e-mail.