Ricardo apoia Couto, mas Veneziano o rejeita na chapa

O ex-deputado federal Luiz Couto (PT) deve ser o substituto do ex-governador Ricardo Coutinho (PT), que está inelegível e não poderá participar das eleições de 2 de outubro. Os petistas, desde já, trabalham a postulação do religioso. Resta saber se será do agrado do pré-candidato Veneziano (MDB).

O emedebista, decerto, não vai estar no mesmo palanque ao lado de quem no passado lhe fez denúncias sérias, mesmo que não tenham prosperado na Justiça Comum do Estado. Na campanha de 2018, o petista Luiz Couto foi o terceiro mais votado na eleição para o Senado, ficando atrás do próprio Veneziano e da senadora Daniella Ribeiro, ex-Progressistas e hoje filiada ao PSD.

Por não emplacar com sua postulação ao governo do Estado, o pré-candidato do MDB trata a desistência do embate como uma “coisa natural”. Para ele, que tem mais quatro anos de Senado, o mais importante é a eleição da esposa Ana Cláudia a deputado estadual.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.