Fofinho (a) vai prestar esclarecimentos ao procurador Eduardo Varandas na quinta

O blog soube, e repassada, que Luciene de Fofinho (PDT), como é mais conhecida a prefeita de Bayeux, tremeu de medo quando tomou conhecimento que deve uma explicação ao Ministério Público do Trabalho – leia-se ao procurador Eduardo Varandas.

A convocação decorre de um ato da prefeita de ter fixado um cartaz na porta de um hospital do município, cujo comunicado pedia à população que denunciasse se fosse mal atendido pelos profissionais de saúde de Bayeux, configurando um assédio moral.

Fofinho (a) recebeu a notificação, assinou e teria esbravejado com alguns assessores. A audiência está marcada para quarta-feira (5), às 15h30, através de uma videoconferência.

O repórter foi informado que ela tremeu só em saber que irá participar da audiência com o procurador Eduardo Varandas, um legalista por natureza. Em sendo assim, é melhor tomar um calmante mesmo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.