Morre integrante do Gaeco, Evandro Félix, vítima da Covid-19; Paulo Neto lamenta

O Gaeco – Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado – está de luto. Vítima da Covid-19, morreu nesta quarta-feira (7) Evandro Félix, 48 anos. Policial militar, estava há 17 anos trabalhando à disposição da instituição.

Era chefe do setor de análise do grupo responsável pelas operações voltadas para o enfrentamento dos desvios de recurso públicos do Estado. Félix deixa mulher e dois filhos. O promotor Octávio Paulo Neto, coordenador do Gaeco lamentou:

“É com profunda tristeza que informo o falecimento de Evandro Félix, chefe de análise do Gaeco, um dos grandes responsáveis pela concepção do Gaeco. Que Deus o acolha em sua infinita glória”, escreveu Paulo Neto em mensagem distribuída para amigos e colegas de trabalho.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.