Romero acha que fazer oposição é colocar em risco à vida dos paraibanos

No afã de polarizar com o governo de olho na disputa eleitoral de 2022, o prefeito Romero Rodrigues (PSD) anunciou que vai recorrer da decisão que revogou o seu decreto e manter bares e restaurantes aberto no dias 31 dezembro e 1° janeiro de 2021.                                        Romero se pôs contrário ao governo estadual, que estabeleceu decreto proibindo a abertura de bares e restaurantes depois das 15h nos dias 24, 25, 31 e 1° de janeiro.                            A iniciativa do governo do Estado foi no sentido de evitar aglomeração e preservar a vida dos paraibanos, tendo em vista ao crescente número de casos de Covid-19, também de mortes pela doença.              Romero agiu na contramão, tendo assinado um decreto e autorizando a abertura. O governo revogou o ato do município de Campina Grande, através de uma ação judicial.                                          Agora, o prefeito-candidato em 2022 a governador que derrubar a decisão judicial, passando por cima do Poder Judiciário.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.