Ministro que livrou Ricardo Coutinho de encrencas grandes está se aposentando

Em plena temporada de caça aos magistrados – nesta segunda (14) a Polícia Federal agiu contra duas desembargadoras da Bahia, o ministro Napoleão Nunes Maia, aquele que livrou o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) da cassação, está se aposentando.

Não deixará saudades alguma. Foi uma decisão “Napoleônica” também que deu livramento a Coutinho, preso durante a sétima edição da Operação Calvário. A propósito, completa um ano no próximo dia 19 que o ex-governador da Paraíba foi em “cana”, no momento em que retornava de uma viagem à Europa.

Nunes Maia integrou o colegiado do Superior Tribunal de Justiça e, também, esteve uma temporada emprestado ao Tribunal Superior Eleitoral.

One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.