Urgente: Buba é condenado a nove anos de cadeia, perda do mandato e inelegibilidade

Agora a pouco, o Pleno do Tribunal de Justiça condenou nesta quarta-feira (2) por 17 a 0 o deputado estadual Buba Germano por crime de responsabilidade, cometido no período do início de seu mandato à frente da Prefeitura de Picui.

Ele pode recorrer das penalidades impostas, além de uma condenação a 9 anos de cadeia, sem direito a serviço comunitário, perda do mandato de deputado e 5 anos de inelegibilidade.

A decisão não é definitiva. Buba pode recorrer com embargos de declaração aqui no Tribunal de Justiça e, também, no Superior Tribunal de Justiça. A perda de mandato não é imediato, pois somente com o transito julgado.

O desembargador Ricardo Vital foi o relator do processo. É o mesmo magistrado que coordena as ações relacionadas a Operação Calvário, responsável pela investigação de desvio de mais de R$ 134 milhões pelo Governo do PSB, partido em que Buba Germano é filiado.

A acusação que pesa contra o deputado socialista é que ele usou recursos da Prefeitura de Picui, em 2005, para pagar uma empresa que organizou a festa da padroeira da cidade, além de ter pago R$ 700,00 com cheque do município por arremate de bode e galeto assado em leilão durante as festividades.

O número do processo que condenou o parlamento do PSB é 01011274120108150000.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.