Polícia Federal deflagra operação em João Pessoa, Araruna e Parnamirim (RN)

A Polícia Federal informou que apreendeu documentos na Operação Poço Sem Fundo, deflagrada na manhã desta quarta-feira (25), que teve como alvo servidores públicos federais.

Por decisão da Justiça, quatro funcionários foram afastados das respectivas funções. A investigação é contra fraudes no Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, no Departamento Nacional de Obras Contra as Secas e prefeitura de Araruna, também em Parnamirim (RN).

Estão sendo cumpridos 15 mandados de busca e apreensão. Os responsáveis são investigados por fraudes em contratos e dispensas de licitações no valor de R$ 54 milhões, também superfaturamento dos contratos, atos de corrupção passiva e ativa.

E mais: lavagem de dinheiro mediante a utilização de contas bancárias de empresas interpostas para dissimulação de movimentações financeiras. Participam da operação 70 policiais federais e sete auditores da Controladoria Geral da União.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.