MP está de olho em Luciene de Fofinho; é outra que pode não concluir mandato

A previsão é que se reconduzida ao mandato no dia 15 de novembro, a prefeita Luciene “carioca” de Fofinho (PDT), de Bayeux, seja impedida de concluir o mandato. Ela está na mira do Ministério Público do Estado.

Segundo o jornalista Alan Kardec, existe uma investigação em curso sobre supostas irregularidades numa licitação milionária. O MP já teria instaurado um inquérito civil público para dar continuidade ao acompanhamento do processo licitatório.

A pretexto de realizar serviços de pavimentação de ruas, a prefeita teria autorizado uma licitação no valor estimado de R$ 1.045.033,86, com fortes indícios de irregularidades. De agora em diante é acompanhar cenas dos próximos capítulos.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.