Presidente destituída garante que candidatura de Anísio Maia segue

Para a presidente do PT de João Pessoa, Giucélia Figueiredo, a intervenção da nacional ocorrida no começo da tarde desta quarta-feira (14), “foi uma decisão violenta, que não terá efeitos práticos”, avaliou.

Conforme anotou, “a nossa militância seguirá com a campanha do deputado Anísio Maia e das candidaturas proporcionais”. A propósito, as mais prejudicadas com o ato de força dos petistas nacionais.

“Foi uma retaliação à candidatura de Anísio e sabemos quem está por trás disso”. No entendimento dela, o ato intervencionista não cabe interferência na condução da candidatura própria”, ressaltou.

E complementou: “Por isso, foi um ato de força desnecessário”. Giucélia participou da reunião que a destituiu do cargo de presidente do PT de João Pessoa. Ele será substituído por interventor indicado pela nacional.

O PT lá de cima está abaixo do PT de debaixo. Pelo menos aqui, não teve ninguém preso, ninguém algemado ou investigado.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.