MPE opina pela impugnação da candidatura de Anísio Maia

Em manifestação do Ministério Público Eleitoral, o promotor Alexandre Varandas Paiva opinou pela impugnação da candidatura de Anísio Maia, escolhido em convenção candidato à Prefeitura pelo PT/João Pessoa.

É o 1º round de uma luta do ex-governador do PSB contra o petista Anísio Maia, escolhido legitimamente e, de forma unanime, pelos filiados da legenda em João Pessoa. Alega o MPE, em seu despacho, que “o Diretório nacional (PT) anulou a convenção que homologou a candidatura de Anísio”.

Destaca, ainda, que “os petistas nacionais, além de anular a convenção”, também transferiu o apoio da legenda (PT) a postulação do ex-governador Ricardo Coutinho”. A judicialização, neste caso, está apenas começando.

Anísio disse que vai até o fim para garantir o seu direito legitimo de candidatura, conquistado de forma legal, e voltou a declarar que “o então governador quer roubar até o partido do qual não é filiado”, pronunciou.

Em síntese, o petista faz uma referência ao “comandante máximo”, segundo o Ministério Público”, de comandar uma organização criminosa que teria desviado mais de R$ 134 milhões só em propina, atribuída ao então governador Ricardo Coutinho.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.