Acusado de compra de apoio político é apontado como favorito

Se não for impedido de concorrer à sucessão de Pedras de Fogo, a cadeira ocupada atualmente por seu tio Dedé Romão, no caso da compra de apoio político em troca de três motos, o pré-candidato Lucas Romão é apontado como favorito na opinião do comunicador Gutemberg Cardoso.

O caso da compra de apoio antes do prazo para o início da campanha de novembro é uma “pedra” no sapato de Lucas Romão, um jovem político que começa a trajetória acusado de cometer ilícitos e, cujo ato está sob investigação da Justiça Eleitoral, do Ministério Público e da Polícia Civil.

Lucas está sendo notificado numa ação penal eleitoral, devendo prestar esclarecimentos à juíza Higyna Josita Simões a despeita da promessa de entregar três motos em troca do apoio político do mototaxista Eronildo Sebastião da Silva.

Com o ato narrado acima, Lucas faz pouco caso da Justiça Eleitoral.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.