Ricardo escapa, por enquanto, da inelegibilidade por oito anos

O ex-governador Ricardo Coutinho segue contando com o fator sorte, digamos assim, e se mantém elegível para as eleições deste ano, até o presente momento.

Desta vez foi salvo pelo PDT de um conhecidíssimo Carlos Lupi para impedir o julgamento no TSE do caso Aije da PBprev, que acusa Ricardo de uso da máquina em favor de sua reeleição em 2014.

Pois bem. A pretexto de preservar o mandato de sua filiada Lígia Feliciano, atual vice-governadora, Lupi atravessou um pedido de assistência simples do partido e a manobra deu certo.

O ministro Og Fernandes que havia pedido pauta para julgamento teve que recuar e, agora, seis anos depois não dá para arriscar uma previsão de quando será apreciado.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.