Supostos crimes investigados pela Calvário ganham destaque nacional

Os supostos crimes de corrupção cometidos pelo ex-governador Ricardo Coutinho, acusado de “comandante máximo” de uma organização criminosa que desviou R$ 134 milhões dos cofres estaduais durante seu governo, tem chamado a atenção da mídia nacional pela forma de atuação.

O site Antagonista informa que “os esquemas envolvendo Ricardo Coutinho deixaram vítimas sem direito essenciais, como saúde e educação”. Como se sabe, ontem, o desembargador Ricardo Vital ordenou o sequestro no valor de R$ 134,2 milhões de investigados na Operação Calvário.

Ainda dessecando o despacho do desembargador-relator no âmbito da Operação Calvário/Juízo Final, o Antagonista/Crusoé destaca: “a investigação revelou um dos maiores esquema de corrupção do país”.

Em outro trecho da matéria, mostra um crime contra à população. Continue com a leitura:

“A gravidade do sugerido esquema criminoso também está evidenciada pelos supostos prejuízos aos cofres públicos, com reflexos nos serviços de saúde e educação prestados à população, os quais vêm se mostrando deficientes no nosso Estado, talvez pela carência de recursos desviados.”

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.