Justiça de Bayeux ordena eleição indireta no prazo de 10 dias

Por decisão do juiz Francisco Antunes Batista, da 4ª Vara Mista de Bayeux, a Câmara dos Vereadores de Bayeux terá que realizar eleições indiretas dentro de um prazo de 10 dias para escolha do novo prefeito da cidade. O ultimato foi seguido de um “cumpra-se”.

O legislativo tentou manter o prefeito interino Jefferson Kita até o final do mandato, através de uma alteração na lei orgânica do município. No momento, a decisão judicial desta segunda-feira (3) é o que está prevalecendo.

O presidente Inaldo Andrade não se pronunciou sobre a determinação do juiz Francisco Antunes, mas na semana passada ele já tinha declarada que iria cumprir a ordem judicial.

O impasse, como se sabe, foi gerado a partir da renúncia do prefeito Berg Lima. Desde então se trava uma discussão jurídica sobre a ascensão de Jefferson Kita, presidente da Câmara de Bayeux, no cargo. A Lei Orgânica manda fazer eleição indireta, entendimento da Justiça.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.