Levi é morto durante tentativa de assalto no Grande Recife

O advogado Levi Borges, também defensor público, estava chegando na casa da filha, a juíza Andreia Borges, quando, de forma inesperada, dois elementos se aproximaram dele e anunciaram um assalto.

A cena de mais um crime desses considerados como absurdo. Levi estacionou seu carro em frente ao condomínio na Praia do Paiva, no Cabo de Santo Agostinho-PE, local onde recebeu tiros covardes de bandidos que não tem sentimento pela vida de ninguém.

Socorrido ainda com vida para uma Unidade de Pronto Atendimento de Barra de Jangada, no Grande Recife, não resistiu aos ferimentos e morreu. Sequer chegou a ver a filha magistrada, que chora a perda de um pai esforçado, dedicado e voltado para as causas nobres.

Além de advogado e defensor público, Levi também era escritor. Gostava das letras e era bastante conhecido dos jornalistas paraibanos, principalmente os mais antigos da época de ouro do jornalismo imprenso.

Perde o mundo o jurídico paraibano e a classe jornalística.

2 comments

  1. infelismente esta è a dura realidade e msis ainda com os governos abrindo as portas dos presidios para saida de criminosos

  2. Levi Borges foi meu professor no curdo de Direito no UNIPÊ.
    Homem manso, calmo, tranquilo e extremamente educado. Perdemos uma pessoa querida e amada.
    Que Deus, com sua infinita graça e misericórdia conforte os corações da família sob luto.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.