Criminosos brincam com coisa séria em momento de pandemia

Uma alerta à população de João Pessoa foi apresentada nesta terça-feira (24) pelo chefe dos procuradores da Prefeitura, Aldemar Régis. Criminosos criaram um “WhatsApp Fake”, tentando se passar pelo prefeito Luciano Cartaxo.

De pronto, Régis pede que desconsiderem ligações ou mensagens recebidas de oportunistas, que se aproveitam do momento delicado da pandemia do coronavírus para dar golpe nas pessoas a pretexto de supostas doações.

Atentos aos fatos, o procurador do município disse que “estamos diante de uma grave crise, que tem exigido esforço e dedicação permanentes no combate ao coronavírus”.

Segundo ele, “é inadmissível e mesmo repugnante que criminosos, vigaristas da pior espécie, abusando da credulidade e boa fé dos outros, queiram se passar pelo prefeito para obter vantagens indevidas…”

“… Esperamos que as autoridades policiais cheguem logo a um desfecho e que o caso seja solucionado o quanto antes”, disse Régis.

Os criminosos criaram WhatsApp com a foto do prefeito Luciano no perfil e, mesmo como um número diferente, solicitam doações (dinheiro) como sendo uma medida preventiva a pandemia.

A bandidagem tenta tirar proveito de tudo, até mesmo de uma coisa tão séria que está atingido João Pessoa, a Paraíba, o Brasil e o mundo.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.