Oitava fase da Calvário aponta ‘Cori’ e Estela como alvos principais

Coriolano Coutinho detinha o controle de um esquema fraudulento na Lotep, segundo despacho do desembargador Ricardo Vital de Almeida, que autorizou a oitava fase da Operação Calvário, deflagrada na manhã desta terça-feira (10). Ele e Mayara de Fátima Martins de Souza (secretária da Cruz Vermelha, a gaúcha) e Denylson Oliveira Machado, responsável pelo Paraíba de Prêmios.

Como se sabe, “Cori”, como é mais conhecido o irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, também denunciado no âmbito da Operação Calvário, ambos cumprindo medidas cautelares, inclusive usando tornozeleira eletrônica, reestreia em mais um capítulo de um escândalo já conhecido como o maior da história da Paraíba.

No despacho com a ordem de busca e apreensão e uma prisão, o desembargador Ricardo Vital destaca, ainda, as ligações perigosas de Mayara e a deputada Estela Bezerra. Elas são conhecidas, tendo sido Mayara chefe de gabinete da parlamentar. A ex-funcionário, depois, assumiu o comando da Cruz Vermelha na Paraíba por indicação de Estela.

Neste malfeito, a deputada socialista teria firmado contrato com a empresa Exata Consultoria (administrada por Mayara) para realizar, pois bem, “diversos eventos em apoio a candidatura de Estelizabel, além de supostamente ter atuado na vinculação do Paraíba de Prêmios”.

Assim segue mais um capítulo da novela batizada de Operação Calvário, que não tem dia, hora, mês e ano para acabar. Portanto, é aguardar as próximas cenas. O Tribunal de Contas, mais uma vez, também recebeu a visita dos agentes federais. Lá, o alvo da investigação é um auditor.

 

2 comments

  1. foi por estas e outras que o grande jornakista dizia ou paraiba boa , é boa de se roubar , mais tudo tem começo meio e fim e agora estamos vendo como esta organização criminosa roubava e ao mesmo tempo dizia que eram os mais trabalhadores e honesto do mundo, mais a casa caiu e como caiu, agora justiça nessa cambada de gaturnos.

  2. Já que a empresa Paraiba de Premios está sendo alvo de investigação por lavagem de dinheiro, pq a justiça não decreta a proibição de suas vendas? Não dar para entender!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.