Investigadores da Calvário querem saber aonde está os R$ 134 milhões

Os investigadores da força tarefa da Operação Calvário/Juízo Final querem saber aonde está o dinheiro, supostamente desviado da saúde e educação estadual. No primeiro momento, mais de R$ 134 milhões.

A informação é que está escondido em algum lugar e a busca é no sentido de encontrar e devolver aos cofres públicos. O desvio de dinheiro público por uma organização criminosa atua na Paraíba, ao menos seis anos.

De acordo com o Ministério Público, a organização criminosa (orcrim) é liderada pelo ex-governador Ricardo Coutinho, que chegou a cumprir cadeia e, ainda, passar por audiência de custódia.

Dos presos, quem delatar a respeito desse tema terá o benefício da colaboração premiada. E, claro, entrará na Lei de Proteção à Testemunha.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.