‘Caso Gilberto’ entra na pauta de julgamento da Câmara Criminal

Com o Ministério Público não tem essa de dar moleza aos integrantes de uma suposta organização criminosa, instalada na Paraíba no governo do socialista Ricardo Coutinho, ex-presidiário, investigado no âmbito da Operação Calvário.

Basta lembrar que decisão proferida em setembro de 2019, o juiz Giovanni Magalhães Porto, da 5ª Vara Criminal, mandou um caso envolvendo Gilberto Carneiro que, segundo o magistrado, para à Justiça Eleitoral de quem seria a competência.

O MPPB recorreu e, nesta quinta-feira (23), a Câmara Criminal do Tribunal de Justiça julgará o recurso interposto pelo Ministério Público contra a decisão do juiz Giovanni Porto.

O desembargador Arnóbio Alves Teodósio é o relator da matéria na Câmara Criminal do TJ. Gilberto Carneiro está preso na Penitenciária Média de Mangabeira, acusado de pertencer ao esquema criminoso comandado pelo ex-governador Ricardo Coutinho, segundo o MPPB.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.