Manoel Jr disse do governo Ricardo: ‘superfaturava até papel higiênico’

A declaração pronunciada pelo vice-prefeito Manoel Júnior não é de agora, mas combina com o momento de Operação Calvário, que investiga o desvio de R$ 134 milhões da saúde pelo ex-governador Ricardo Coutinho, o corrupto, segundo o Ministério Público.

Crítico ferrenho do socialista, Manoel Júnior, enquanto deputado federal, subiu à tribuna da Câmara, em Brasília, para denunciar que “o governo Ricardo Coutinho superfaturava até papel higiênico”.  Apesar do alerta, achavam que era a opinião de um opositor.

Resultado: Ricardo denunciado pelo Ministério Público, acusado de chefiar uma organização criminosa instalada em seu governo, além de outros 35 comparsas, que atacaram os cofres públicos da Paraíba com força, sem piedade e nem dor do povo paraibano.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.