Em nota, Arnóbio Viana manifesta apoio a Calvário e auditores do TCE

Com a esposa Georgiana Cruz citada em delação da ex-secretária Livânia Farias, um dos braços direito da organização criminosa instalada na Paraíba entre 2011 e 2018, o presidente do TCE, Arnóbio Viana, em nota, disse que apoia a Operação Calvário e sua investigação, “doa a quem doer”.

Georgiana, conforme Livânia, pediu R$ 50 mil para ser distribuído para auditores com o objetivo de recomendar a aprovação das contas do Governo Ricardo Coutinho. Trechos da colaboração da ex-secretária foram jogados no asfalto no último final de semana.

Arnóbio assina que “vem reiterar total e irrestrito apoio às investigações em curso, pugnando pela celeridade e efetiva punição a todos quantos tenham praticado delitos em desfavor da sociedade paraibana, doe a quem doer”.

“Ao mesmo tempo”, prossegue o conselheiro-presidente do TCE, “renova confiança na isenção, lisura e excelência dos trabalhos executados pelo dirigente corpo de Auditores do TCE-PB”.

Veja abaixo a transcrição da colaboração de Livânia no caso da primeira-dama do TCE/PB:

Lembrando que os conselheiros Arthur Cunha Lima e Nominando Diniz estão afastados do cargo. Ambos estão sendo investigados no âmbito da Operação Calvário.

2 comments

  1. O trágico dessa cara de pau toda é que apesar de toda bandalheira e corrupção acontecendo rasgados, descontroladamente na Paraíba, era como se não existisse “TCE”, com isso, acreditar em inocência de quem era para fiscalizar fica muito, mas muito difícil mesmo.

    A principal função do TCE:
    “A PRINCIPAL função é a de FISCALIZAR a LEGALIDADE, LEGITIMIDADE e ECONOMICIDADE das despesas públicas, ou seja, ACOMPANHAR a CORRETA APLICAÇÃO dos recursos públicos para que as taxas e impostos recolhidos retornem para a sociedade em serviços.”

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.