Cortes necessários para começar o ano de 2020 de cara nova

Além da extinção de 60 cargos já anunciados anteriormente pelo presidente João Corujinha, já aprovado em primeiro turno, o projeto de resolução da Câmara de João Pessoa prevê modificações nas funções, disciplina jornada de trabalho, concessão de gratificações e registro de frequência.

Os pontos da reforma foram elaborados em comum acordo com o Ministério Público. “Foi um trabalho coletivo e tem por objetivo readequar a estrutura funcional da Casa”, justificou Corujinha.

A proposta, agora, precisa ser aprovada em segunda turno e começar 2020 com a cara administrativa novinha em folha.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.