Calvário/Juízo Final: Supremo tende a seguir parecer da Procuradoria

O resultado da pesquisa Datafolha que mostra 39% dos brasileiros consultados avaliam a atuação do Supremo Tribunal Federal como ruim ou péssima, apenas 19% acham ótima ou boa, só complica a situação da dupla Coriolano e Ricardo Coutinho, o primeiro segue preso e o outro solto.

Complica porque o Supremo precisa recuperar a imagem cumprindo o que determina a lei e o que prevê à Constituição Federal. Coriolano pede liberdade ao STF, enquanto Ricardo, mesmo solto, contra ele tem um parecer da Procuradoria Geral da República defendendo sua volta a cadeia.

A julgar pela gravidade das investigações da Operação Calvário, bem como a denúncia contra os irmãos Coutinho, é bem possível que o Supremo, no afã de recuperar sua imagem, mantenha a prisão de Coriolano e torne sem efeito a decisão do ministro Napoleão Nunes, do STJ, de soltar Ricardo, seguindo o parecer da Procuradoria Geral da República.

Pois bem, a se confirmar a hipótese, a decisão só deve acontecer em 2020 provavelmente com outra grande Operação Juízo Final, que se tornou um braço da Calvário.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.