Ricardo gosta de manga e receber propina também, contou Livânia

Na verdade, não era a fruta, mas o viu metal (dinheiro) do que o ex-governador Ricardo Coutinho, também ex-presidiário, mais gosta. O tema é parte da delação premiada da ex-secretária Livânia Farias.

A colaboração de Livânia é recheada de detalhes, detalhes que não restam dúvidas de que a Paraíba estava sendo administrada por uma verdadeira organização criminosa.

A propina com muito dinheiro dava no meio da canela, conforme revelou a ex-secretária, que disse ter recebido R$ 800 mil, dinheiro vivo, de Jardel Aderico, preso na 5ª fase da Operação Calvário.

Livânia conta que do mesmo Aderico recebeu R$ 1 milhão e que levou diretamente até a Granja Santana, residência oficial do governo do Estado.

A ex-primeira dama Pâmela Bório denunciou que viu caixas de dinheiro no casarão, lembra?

(Com informações do blog de Suetoni Souto Maior)

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.