Napoleão Nunes livrou Ricardo da cassação em 2018, diz Antagonista

Antenado com os assuntos em todo o país, o Antagonista escreveu que o ministro-relator do pedido de habeas corpus de Ricardo Coutinho, ministro Napoleão Nunes, o livrou da cassação. Continue com a leitura abaixo:

“Com o impedimento de João Otávio Noronha o habeas corpus de Ricardo Coutinho foi redistribuído pela Secretaria do STJ para o ministro Napoleão Maia.

Maia foi relator do pedido de cassação de Coutinho no TSE no ano passado

Na ocasião, emitiu voto contrário e foi seguido pela maioria da Corte, garantindo mais alguns meses para o agora ex-governador preso na Operação Calvário – e acusado de liderar organização criminosa que desviou mais de R$ 134 milhões da Saúde estadual.

Maia foi colega de turma do ex-ministro Gilson Dipp, advogado de Coutinho, na Quinta Turma do STJ.

 Noronha se declarou impedido depois que O Antagonista revelou que seus filhos foram contratados por Coriolano Coutinho, irmão de Ricardo, para livrá-lo da cadeia.”

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.