Vaias a Lígia foram reflexos do desgoverno Ricardo Coutinho

A vice-governadora Lígia Feliciano não merecia, mas as vaias dirigidas a ela durante a entrega de 4.100 casa do Complexo Aluízio Campos, com certeza, são reflexos ainda do desgoverno Ricardo Coutinho.

Lígia estava ali sem nenhum sentimento de culpa pelo governo que representou no passado nada ter feito por Campina Grande. Mas ela tirou de letra e seu pronunciamento está do mesmo nível do Governo João Azevedo.

“Não existe povo de oposição e não existe povo de situação. Existe um povo só, o povo paraibano”, pronunciou.

Se ninguém aplaudiu, o blog aplaude!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.