Calvário poderá entrar na analise das contas do Governo RC; é o que defende Wallber Virgolino

O ex-governador Ricardo Coutinho poderá enfrentar séria dificuldade para aprovar as prestações de contas do seu governo, principalmente se a investigação da Operação Calvário colar com os balancetes.

“Eu mesmo vou pedir ao Tribunal de Contas que inclua as investigações da Calvário do Gaeco (Ministério Público), pois o que já existe é algo para não deixar passar em branco”, disse o deputado Wallber Virgolino.

Lembrou o despacho do ministro Nefi Cordeiro, do STJ – Superior Tribunal de Justiça -, no parecer em que negou os habeas corpus aos presidiários Ivan Burity, Eduardo Coutinho e Jardel Aderico.

“O ministro (Nefi Cordeiro) ficou impressionado, tendo afirmado que ‘o grau de danosidade de tais ações é de tal monta que não é possível aquilatar o prejuízo causado’. Então, as contas do governo passado precisam ser bem analisadas”, defendeu.

Como se sabe, no âmbito das investigações da Calvário estima-se o desvio de R$ 1 bilhão na saúde por causa do contrato com a Cruz Vermelha, a gaúcho, além de outros tantos milhões na educação.

One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.