Integrante do MP/PB representou a instituição no Conselho Nacional

Foi um próprio integrante do Ministério Público da Paraíba que representou a instituição no Conselho do MP, em Brasília. A queixa, como se sabe, é por causa das investigações da Operação Calvário.

Há quase sete meses que não se tem uma ação do Gaeco sobre o suposto desvio de R$ 2 bilhões da saúde paraibana durante o governo do ex Ricardo Coutinho, conforme a própria denúncia do MP da Paraíba.

Falam, até, que “forças estranhas” trabalham para frear o que já foi apurado até o presente momento, incluindo as deleções da ex-secretária Livânia Farias, do ex-assessor Leandro Carvalho e de Maria Laura Carneiro, presos na 1ª, 2ª e 3ª operações.

O “Conselhão” do Ministério Público está para chegar a qualquer momento na Paraíba para a inspeção na sede da instituição, conforme o blog foi informado.

One comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.