Exoneração de Livânia Farias é republicada com devida correção

Na edição eletrônica do Diário Oficial desta quarta-feira (20), o governo republicou o ato de exoneração da secretária Livânia Fárias. Ocorreu por um erro de data.

É que o ato de ontem saiu com a data de 15 de março, uma dia antes da prisão e não datada de segunda-feira (19), quando o correto seria a publicação após carta-renúncia, ocorrido na madrugada de domingo (18).

Como se sabe, o pedido de exoneração do cargo aconteceu após Livânia ser presa na 3ª fase da Operação Calvário, acusada de recebimento de propina paga por dirigentes da Cruz Vermelha.

Confira abaixo o ato com a devida correção de data:

João Pessoa,  18  de março de 2019 – O  GOVERNADOR  DO ESTADO DA PARAÍBA, no uso das atribuições que lhe confere o art. 86, inciso XX, da Constituição do Estado, e de acordo com artigo 33, inciso II, da Lei Complementar nº 58, de 30 de dezembro de 2003, R E S O L V E exonerar, a pedido, LIVANIA MARIA DA SILVA FARIAS, matrícula nº 168.969-0, do cargo em comissão de Secretário de Estado da Administração, Símbolo CDS-1. Publicado no DOE 18.03.2019.

“Republicado por incorreção”, concluiu o ato.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.