Paulino, senador do Zé, vai fazer greve por 2 dias; falta c$ombustível

Apesar das dificuldades de ordem financeira, nem de longe Roberto Paulino pretende jogar à toalha de sua candidatura ao Senado Federal. Mas promete uma pausa para os próximos dois dias.

“Vou esperar uma ajuda para a minha campanha, que estou fazendo a base apenas do aperto de mão. Nem santinho eu tenho para trabalhar e os carros que aluguei estão parados por falta de combustível”, disse.

Paulino espera até hoje uma ajuda do fundo partidário, que ainda não chegou e não deve parar na sua conta eleitoral. É que os recursos serão destinados apenas para quem exerce mandato e, portanto, candidato à reeleição.

Mas a pressão está valendo. Afinal de contas, o emedebista está no páreo.