Berg é condenado a perda do mandato e dos direitos políticos

Berg Lima foi condenado hoje a perda do mandato de prefeito de Bayeux, em ação civil pública por ato de improbidade administrativa. Ele está afastado do cargo desde julho de 2017.

Além dessa decisão, o juiz Francisco Antunes Batista também decretou a suspensão dos direitos políticos pelo prazo de oito anos.

Tem mais punição:  ele está proibido de contratar com o poder público ou receber benefícios fiscais ou creditícios, de forma forma direta ou indireta, ainda que por meio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário pelo praz de dez anos.

Como se sabe, em 5 de julho do ano passado, Berg Lima foi preso em flagrante durante uma operação do Gaeco-MPPB recebendo propina no valor de R$ 3,5 mil de um fornecedor da Prefeitura.

Passou um período preso e colocado em liberdade em meio a diversas medidas cautelares. O consolo que resta é que ele pode recorrer da condenação.