A tese do Estado é que nos dias atuais se prende mais criminosos

As autoridades policiais da Paraíba alimentam a tese que o episódio de hoje no Presídio de Segurança Máxima, ou PB1, aconteceu porque o Estado prende mais criminosos em comparação a outros governos.

Jogam no asfalto os números dos presidiários de ontem e os de hoje. No passado, eram 7 mil e atualmente 13 mil. Você pode estar se perguntado o que isso significa e as pessoas de sã consciente respondem assim: Nada!

Saldo do espetacular acontecimento: 105 fugiram do presídio pela porta da frente e a morte de um oficial da Polícia Militar, atingido com um tiro na cabeça.